25/02/2010

Kimochi

( foto retirada do site Olhares.com )



"Foi um momento
O em que pousaste
Sobre o meu braço
Num movimento
Mais de cansaço
Que pensamento,
A tua mão
E a retiraste.
Senti ou não?"


( Senti )

Doente


Vá lá, que ao menos com este "temporal" posso-me ficar pelo quentinho da minha cama!
Vamos lá ver se isto passa, para que possa ir à Serra!
Um bom dia de trabalho/estudo para todos!

Portem-se mal!

18/02/2010

Never give up


"Um timoneiro que se preze continua a navegar mesmo com a vela despedaçada."

Séneca



Music:
Call me on your way back home - Ryan Adams

17/02/2010

Incomplete



Toda a gente, sem excepção, tem momentos em que se sente assim... Incompleto!

15/02/2010

Carnaval 2010

Desejo a todos um óptimo Carnaval!

Divirtam-se e cuidado, elas andam aí! :) ( Já foste! )








E agora para as minhas caras amigas que visitam este blog também vos deixo algo para dar um cheirinho de carnaval... :) Também merecem né?





Ah, ja me esquecia!!!

Parabéns JUJINHA!!! Vai ser de caixão à cova hoje!

14/02/2010



Hoje, se o "Mundo" fosse justo, toda a gente teria direito a este momento!


“Num momento transparente

Num certo tempo da vida

Na manhã de qualquer mês

Num ano já terminado


Houve um olhar cintilante

E os lábios bebiam o silêncio,

de uma saudade cor de prata...


Houve sol e houve lua

Houve brisa e houve chuva

Houve noite e houve dia


E num abraço apertado, houve enfim a poesia

Que não era só escrita e sim vivida, praticada.


Lá fora o mundo alheio a tudo,

normalmente caminhava

Sem saber que ali dentro,

no tempo em que o tempo parou,

num momento transparente

que só na lembrança ficou,

o mundo era novamente por dois corações, inventado...”

Charlyane Mirielle

Colors - Amos Lee



Enjoy ;)

13/02/2010

Yesterday


"...Yesterday
Love was such an easy game to play
Now I need a place to hide away
Oh I believe in yesterday..."

11/02/2010

Recomeça


"Recomeça...se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcançares não descanses, de nenhum fruto queiras só metade."

Miguel Torga


P.S.: "Passa por cima que tu vês! Anda lá... passa!"

10/02/2010

Eu sou bonito, mas eles exageram!


Entendam este post como uma espécie de aula de cabeleireiro!

Ora, na primeira fila podem ver os mais variados estilos de penteado usado pelo "magnífico" avançado do Sporting, Yannick Djaló!

O que lhe safa mesmo é a 4ª foto, na altura da guerra da guiné, onde ainda acertava com alguma coisa...

Na segunda fila podemos ver o penteado muito "fofo", diga-se, do defesa central da Instituição Sport Lucílio e Baptista, David Luiz!
Como sou amigo, até vos deixo umas fotos que a mãe dele me arranjou, de um concurso lá no "Brasiu", onde ganhou o prémio de originalidade "canishiana".

Parabéns a eles!

P.S.: Imaginem esta personagem toda enterrada, até à zona onde tem a cordinha na cabeça! Não se poderia suspeitar de alguma espécie de vegetal, ou qualquer coisa do género?
Parabéns a ele também! É um querido!


09/02/2010

Passado


"Regressamos sempre aos velhos lugares aonde amámos a vida. E só então compreendemos que não voltarão jamais todas as coisas que nos foram queridas. O amor é simples, e o tempo devora as coisas simples."

José Eduardo Agualusa

"Nunca voltes ao lugar
Onde já foste feliz
Por muito que o coração diga
Não faças o que ele diz

Nunca mais voltes à casa
Onde ardeste de paixão
Só encontrarás erva rasa
Por entre as lajes do chão

Nada do que por lá vires
Será como no passado
Não queiras reacender
Um lume já apagado

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Por grande a tentação
Que te crie a saudade
Não mates a recordação
Que lembra a felicidade

Nunca voltes ao lugar
Onde o arco-íris se pôs
Só encontrarás a cinza
Que dá na garganta nós "


Retirado de um blog " Perfeito estranho"


... Porque gostei do poema e porque nem sempre conseguimos evitar "regressar", nem que seja mentalmente, ao passado!

P.S.: DE FÉRIAS :D

O jogo - Tiago Bettencourt



O Jogo

Mais um dia em vão no jogo em que ninguém ganhou
Dá mais cartas, baixa a luz e vem esquecer o amor
És tu quem quer
Sou eu quem não quer ver que o tudo é tão maior
Aqui está frio demais para apostar em mim.

Vê que a noite pode ser tão pouco como nós
Neste quarto o tempo é medo e o medo faz-nos sós
És tu quem quer
Mas eu só sei ver que o tempo já passou e eu fugi
Que aqui está frio demais para me sentir... mas queres
ficar?

Queres levar
Tudo o que é meu
É tudo o que eu
Não sei largar

Vem rasgar o escuro desta chuva que sujou!
Vem que a água vai lavar o que me dói!
Vem que nem o último a cair vai perder.




P.S.: L - I - N - D - A

08/02/2010

NASCEU!


Nasceu hoje, com metade do peso ( no nascimento ) do tio, mas o estilo está lá!! ( lol ) :) :) ... e como eu estou feliz!
Quando peguei pela primeira vez na menina vieram-me as lágrimas aos olhos, é tão, tão riquinha, tão fofa, tão pequenina e ao mesmo tempo tão frágil, "jasus"!

Chama-se Maria, o segundo nome não digo, porque não gosto! Mas lá está não sou eu que escolho! Pessoas sem gosto xD !


Tio babado, mais uma vez!!!!

P.S.: A lista de prendas no Natal vai ser de meter medo! Ai! Pobre de mim! :P

05/02/2010

"- Quem és tu? disse o principezinho. És bem bonita...
- Sou uma raposa, disse a raposa.
- Anda brincar comigo, propôs-lhe o principezinho. Estou tão triste...
- Não posso brincar contigo, disse a raposa. Ainda ninguém me cativou.
- Ah! perdão, disse o principezinho. Mas, depois de ter reflectido, acrescentou:
- Que significa “cativar”?
- Tu não deves ser daqui, disse a raposa. Que procuras?
- Procuro os Homens, disse o principezinho. Que significa “cativar”?
- Os Homens, disse a raposa, têm espingardas e caçam. É uma maçada! Também criam galinhas. É o único interesse que lhes acho. Andas à procura de galinhas?
- Não, disse o principezinho. Ando à procura de amigos. Que significa “cativar”?
- É uma coisa de que toda a gente se esqueceu, disse a raposa. Significa “criar laços”...
- Criar laços?
- Isso mesmo, disse a raposa. Para mim, não passas, por enquanto, de um rapazinho em tudo igual a cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti. Para ti, não passo de uma raposa igual a cem mil raposas. Mas, se me cativares, precisaremos um do outro. Serás para mim único no Mundo. Serei única no Mundo para ti.(...)
Mas voltou à mesma ideia:
- Levo uma vida monótona. Eu caço galinhas e os Homens caçam-me a mim. Todas as galinhas são iguais e todos os Homens são iguais. Por isso me aborreço um pouco. Mas, se tu me cativares, será como se o Sol iluminasse a minha vida. Distinguirei de todos os passos, um novo ruído de passos. Os outros passos fazem-me esconder debaixo da terra. Os teus hão-de atrair-me para fora da toca, como uma música. E depois, olha! Vês lá adiante os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me dizem nada. E é triste. Mas os teus cabelos são cor de oiro. Por isso, quando me tiveres cativado, vai ser maravilhoso. Como o trigo é doirado, fará lembrar-me de ti. E hei-de amar o barulho do vento através do trigo...
A raposa calou-se e olhou por muito tempo para o principezinho.
- Cativa-me, por favor, disse ela.
- Tenho muito gosto, respondeu o principezinho, mas falta-me tempo. Preciso de descobrir amigos e conhecer outras coisas.
- Só se conhecem as coisas que se cativam, disse a raposa. Os Homens já não têm tempo para tomar conhecimento de nada. Compram coisas feitas aos mercadores. Mas como não existem mercadores de amigos, os Homens já não têm amigos. Se queres um amigo, cativa-me.
- Como é que hei-de fazer? disse o principezinho.
- Tens de ter muita paciência, respondeu a raposa. Primeiro, sentas-te um pouco afastado de mim, assim, na relva. Eu olho para ti pelo rabinho do olho e tu não dizes nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, de dia para dia, podes sentar-te cada vez mais perto...(...)
- Vou dizer-te o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.
(...) "

in “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry


E mais um vídeo:

Heroes & Saints , Nicolaj
Grandjean


03/02/2010

Sou tudo o que me resta


"Dominar-se a si próprio é uma vitória maior do que vencer milhares numa batalha."

Sakyamuni

Eu vou conseguir! Ai vou, vou!


Falling slowly - Glen Hansard/Marketa Irglova

Letra:

I don't know you
But I want you
All the more for that
Words fall through me
And always fool me
And I can't react
And games that never amount
To more than they're meant
Will play themselves out

Take this sinking boat and point it home
We've still got time
Raise your hopeful voice you have a choice
You'll make it now

Falling slowly, eyes that know me
And I can't go back
Moods that take me and erase me
And I'm painted black
You have suffered enough
And warred with yourself
It's time that you won

Take this sinking boat and point it home
We've still got time
Raise your hopeful voice you had a choice
You've made it now
Falling slowly sing your melody
I'll sing along...

02/02/2010

É proibido - Pablo Neruda

"É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual
."

Pablo Neruda

01/02/2010

Jornalismo em Portugal



Note-se ( nestas capas ), a enorme preocupação do "jornal" A'Bola em colocar o Porto na primeira página! Surpresa hein? Pois, não se trata de uma Liga dos Campeões ou de uma Taça Intercontinental, ou mesmo de "mais um" campeonato ganho pelo FCP!

Note-se a forma como "eles" se referem aos acontecimentos no tunel da Luz como "CHOCANTE"!!! Deveras chocante! Chocante é o tipo de jornalismo que vocês praticam, meus caros!

Fiquei surpreso pela imparcialidade do jornal Record, vá lá, parece que "ouviram" as minhas criticas!

Em relação ao jornal O'Jogo, continua a fazer um grande trabalho.
Apenas se limita a desmentir, as agressões de Helton, Fucile e Rodriguez que A'Bola afirma de forma categórica!Algo que nem eu, depois de ver o vídeo 5 vezes, consigo confirmar.

O jornalismo em Portugal está a degradar-se à velocidade da Luz! Nova gente precisa-se!

Já agora um conselho para o Jornal A'Bola... façam uma capa, um dia destes, com aquela agressão chocante do Luisão no jogo contra o Nacional!
Façam uma capa da dualidade de critérios na avaliação da simulação do Lisandro e do Aimar! Vejam:
http://www.maisfutebol.iol.pt/desce/aimar-lisandro-benfica-porto/1135170-1498.html
( faço deste texto minhas palavras!)

É por estas e por outras, que os estádios estão cada vez mais vazios!

p.s.: No entanto, vejo uma coisa positiva, este ano, para os lados da luz, já não se fala tanto do apito dourado! Porque será?

Um bom inicio de semana para todos!

Hallelujah